Cartoons of the Carnival 2007 from Pernambuco

Canaval 2007 by Acioli
The most noisy epoch of the year is coming: the Carnival. I hate Carnival: all the noisy “music” (sambas enredo), the “propaganda” about it, the people getting drunk as if all the alcoholic drinks were disappear from the world in the next day and driving after, the boring parades and all the money spend in the industry of this carnal party of illusions.
I used to liked it, when I was a kid. And now, thinking a bit more, it wasn’t the party that I liked it, or the carnival balls to the children, however, I liked the fancy dresses, the ephemeral idea of happiness, the carnival idea in itself. I liked the magic of turn into other person dressing up, sometimes using a mask and all the marvellous colours.
In some places of Brazil, the carnival still nearest of their origins, if it’s possible say this. That’s the case of Pernambuco, which celebrates the street carnival with giant puppets and the Frevo, among other regional music and dances. And to celebrate the 100 years of Frevo, and all the happiness, diversity and good humour of carnival at Pernambuco, the Association of Cartoonists of Pernambuco created a nice virtual exhibition: Carnaval 2007 – Frevendo no Traço!. Above and bellow, two of the great works presented on this exhibition, by Acioli and Thiago Lucas. (via Blog dos Quadrinhos)
Canaval 2007 by Thiago_Lucas
A época mais barulhenta do ano está chegando: o Carnaval. Eu odeio o carnaval: todas aquelas barulhentas “músicas” de samba enredo, toda a propaganda sobre o carnaval, as pessoas ficando bêbadas como se toda bebida do mundo fosse acabar no dia seguinte e dirigindo depois, os chatíssimos desfiles e todo o dinheiro gasto com essa indústria dessa festa carnal de ilusões.
Eu costumava gostar de carnaval quando pequena. E agora pensando um pouco mais, descobri que não era da festa que eu gostava, ou dos bailinhos para crianças, mas das fantasias, da idéia efêmera de felicidade, da idéia do carnaval em si mesmo. Eu gostava da mágica de torna-se de brincadeira outra pessoa usando uma fantasia, às vezes uma máscara, e gostava também das maravilhosas cores.
Em alguns lugares do Brasil, o carnaval continua um pouco mais próximo de suas origens,s e assim é possível dizer. É o caso de Pernanbuco, que festeja o carnaval de rua com os bonecos gigantes e o Frevo, entre outras músicas e danças regionais. E para celebrar os cem anos do frevo, e toda a “alegria, diversidade e bom humor do carnaval de Pernambuco, a ACAPE (Associação dos Cartunistas de Pernambuco) criou uma bela exposição virtual chamada Carnaval 2007 – Frevendo no Traço!. Acima, dois belos trabalhos apresentados nesta exposição, criados por Acioli e Thiago Lucas.
(via Blog dos Quadrinhos)

Related Posts with Thumbnails
This entry was posted in culture, illustration and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Cartoons of the Carnival 2007 from Pernambuco

  1. Manuel says:

    Também não sou fã do Carnaval. Gosto do conceito apenas. O Orson Welles é que se fascinou pelo carnaval brasileiro e fez um filme, que nunca vi; no Casanova de Fellini, o ínicio é em pleno carnaval veneziano. Mas pior que o carnaval é a cerimónia dos óscares que está quase.

  2. Olá Bibi,
    É a pura verdade o que disse.
    Eu já participei do carnaval algumas vezes, quando ainda era solteiro, mas depois disso, eu cansei e não quero nem saber.
    Gostei do seu blog.. voltarei mais vezes.
    abs

  3. Gilton says:

    adorei seu blog..
    tá show…!

  4. Bibi says:

    Pois é Manuel, carnaval é bom no mundo das idéias. 😀
    Muito obrigada pelos comentários gentis Paulo e Gilton!. 🙂

Comments are closed.