Três dias de cinema

Depois de muito tempo fui ao cinema tês dias seguidos sozinha em quase todas as sete sessões (apenas duas acompanhada). Quase nada para quem via por volta de dois filmes por dia há quase dez anos atrás (na tv à cabo). Saldo do estrago: eu ainda amo cinema (me arrepio só de vez algumas tomadas); os brasileiros ainda não sabem fazer trailer; sala boa para assistir filme é sala de cinema de arte (Cinemark com pessoas conversando durante o filme é o fim para mim); e uma breve nota sobre Aviador – filmão, maravilhoso, feito por quem conhece cinema, sabe fazer fimes, mostra seu amor pelo cinema e a história dele através das imagens(cinema é imagem, caso alguns tenham esquecido).
Talvez eu escreva algumas resenhas sobre os filmes que vi, mas já vou avisando, as minhas resenhas são mais técnicas e semióticas do que comentários. Hoje é trade vejo mais um pelo menos antes daquela festa onde quem ganha é quem fez mais propaganda e não quem realmente merece.
PS: Oscar não é indicação de qualidade de filme. Quem ainda acredita nisso é bom cair na real logo, porque na vida é tudo política e Q.I. (sim, quem indica). Se filme/diretor bom ganhasse prêmio, Bergman teria vários, Hitchcock uma dúzia e Scorsese já teria ganho ao menos um.

Related Posts with Thumbnails
This entry was posted in about me, blogging and tagged , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Três dias de cinema

  1. Inagaki says:

    Oscar é meio como uma partida de futebol: nem sempre o melhor vence, e os resultados finais acabam por ser discutidos ad nauseam por amigos em mesas de bar. Anyway, eu me divirto com a premiação, torcendo pelos meus filmes prediletos. Mas é aquela coisa: nenhuma premiação é completamente justa, seja ela a Palma de Ouro de Cannes (que já premiou muito, mas MUITO filme ruim), o Pulitzer ou o Troféu Imprensa…

  2. Bibi says:

    Troféu Imprensa? 😀
    A Palma de Ouro não é assim… geralmente quem ganha é algum amigo do presidente do juri naquele ano. Ano menos é o que pareceu nos últimos anos.
    Mas confesso que mais uma vez fiquei muito puta da vida porque o Scorsese não ganhou. Será ele outro Hitchcock? Outro Chaplin?

Comments are closed.